Cotas no Prouni 2017

Atualizado em: 29 agosto 2016

by Prouni 2017 on 29/08/2016

Neste artigo vamos falar um pouco sobre as cotas do Prouni 2017 e apresentar mais informações sobre o programa educacional. Quem gerencia os programas educacionais federais atualmente (Sisu, Prouni e Fies) é o Ministério da Educação ou MEC. Normalmente as inscrições para o Programa Universidade para Todos são abertas no mês de janeiro, logo após o encerramento do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

O Prouni 2017 é apresentado para candidatos que gostariam de concorrer a bolsas de estudos integrais ou parciais até 50% em universidades privadas. Os programas educacionais completam neste ano 13 anos. Criado no ano de 2004 pelo Governo Federal com objetivo de facilitar o acesso para o ensino superior e graças isto é possível. Além do Prouni como já foi informado existe outros programas para o ensino superior, mas cada um deles possui um objetivo diferente.

Para poder se inscrever no Prouni 2017 é preciso seguir este roteiro e cumprir alguns requisitos que será apresentado no decorrer do artigo:

Cotas do Prouni 2017

  1. Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) edição 2016;
  2. Obter nota mínima. Para poder se inscrever é necessário tirar nota menor ou igual a 450 pontos em cada matéria e 500 pontos na redação, mas lembrando que algumas instituições exigem nota mínima para poder concorrer;
  3. Acessar o endereço eletrônico http://siteprouni.mec.gov.br/ com número de inscrição do Enem e senha. Caso tenha esquecido acesse a página do exame e clique na opção “esqueci minha senha”.

Cotas do Prouni 2017

A política de cotas do Prouni 2017 são bolsas de estudos destinadas para afrodescendentes, portadores de necessidades especiais e indígenas. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) cada estado possui uma porcentagem de separação de vagas para os estudantes cotistas. O mesmo número de vagas separa para a cotas do programa são os mesmos àqueles cidadãos pardos, negros e índios do Estado.

Os participantes que se que gostariam de ser cotistas no efetivo de pardo, negro, indígenas não será exigida comprovação, pois é autodeclaratório, mas os candidatos portadores de deficiência devem ter em mãos o laudo e o grau assinado por um médio. Para poder participar da cota do Prouni 2017 o candidato deverá informar no decorrer da inscrição.

Além das exigências informadas logo a cima o Prouni 2017 também possui outros requisitos. O candidato não poderá ser portador de diploma do ensino médio e deverá se encaixar a pelo menos um dos itens abaixo:

  • Ter cursado todo o ensino médio em escola de rede pública;
  • Cursado o ensino médio em escola de rede privada, mas na condição de bolsista integral (aquele que não paga);
  • Ter cursado parcialmente o ensino médio em escola de rede pública, mas tenha concluído em escola de rede pública na condição de bolsista integral;
  • Ser professor de escola de rede pública. Mas neste quesito só poderá concorrer a bolsas de licenciatura não sendo obrigado a apresentar comprovação de renda.

O programa também exige uma renda salarial familiar bruta, mas isto depende se o candidato for parcial ou integral. O candidato bolsista integral deverá apresentar uma renda salarial mensal bruta de até um salário de meio por pessoa. A bolsa parcial pode chegar até 50% de desconto, pelo motivo de possuir um pagamento mensal a exigência é um pouco maior, pois deve ser de até três salários por pessoa. O Prouni 2017 possui bolsista remanescentes, para isto o candidato deverá ser professor de escola de rede pública no cargo de magistério da educação básica (para isto também só concorrera para o curso de licenciatura) ou que tenha participado do Enem em edição de 2010 em diante e tenha alcançado nota mínima (mesma nota apresentada no início do artigo).

Para mais informações ou atualizações, curta e compartilhe a página do Facebook Prouni 2017. Boa sorte!

[Total: 31    Média: 3.5/5]

{ 0 comments… add one now }

Leave a Comment

Previous post:

Next post: